terça-feira, setembro 12, 2006

Assumidamente... valsa lenta


Dancei lenta e melancolicamente durante anos...
Julguei-me a mim mesma... lutei contra mim...
Até um dia...

Nesse dia não mais resisti...
Olhei-a nos olhos... fraquejaram os meus frágeis alicerces...
Assumi... no meu íntimo aquilo que sou...

Sou Lésbica...
E mais não me posso negar...
Sou uma mulher da e na sociedade que luta, que trabalha... que ama.
Amo uma doce mulher...

Valsa Lenta

4 comentários:

aNa disse...

bem-vinda à blogosfera!
ah! e esqueceste-te dos impostos! também pagamos impostos! ;) :)

el_olive disse...

ok ... o teu texto tocou-me confesso.
ás vezes perguntam-me como posso ter levado tanto tempo a perceber a assumir a mim mesma, receio que nunca consigo responder, seja da educaç\ao, seja do medo o certo é que quando te assumes perante ti e o teus, ficas capz de enfrentar o mundo.

Pi disse...

Adorei...

CGuimas disse...

Olá:

Vim-te retribuir a visita...
Gostei, francamente, e sinto-me feliz por saber que amas e amas quem te é doce e que tens uma família, o que ainda é mais doce!

Um abraço da

Canastrona (eheheheh)