quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Venho lenta e docemente pela noite dentro...
Sentindo a fragância deste amor tão nosso...

Amo-a doce Mulher Minha

1 comentário:

Presença disse...

Como é bom dançar ao ritmo desta vossa valsa...

bjo