segunda-feira, março 12, 2007

Doce Mulher Minha


Nem a força de mil tempestades

Nem a força brutal das ondas do mar

Fazem esmorecer um pouco que seja

todo este amor que sempre sentimos...


Amo-a minha doce mulher


Valsa Lenta

1 comentário:

Placi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.