quinta-feira, agosto 09, 2007


Meu olhar perdido na branca tela

Minhas mãos sedentas de tinta


Deslizam, agora, finalmente

Numa loucura ébria


Tornou-se minha!


Valsa_Lenta



Para si meu Amor a tela que pintei

2 comentários:

brisa de palavras disse...

Tb voltei às tintas e aos pincéis e em todos elas coloco o amor que sinto e a esperança...
um abraço
brisa de palavras

serenidade disse...

Que com uma valsa perfeita, ou não, seja utilizada a bela paleta com as cores mais magníficas que possam existir e que pinte a tela branca que, afinal já lhe pertence:)

Serenos sorrisos