terça-feira, agosto 07, 2007


"Quando eu morrer voltarei para buscar os instantes que não vivi junto ao mar"

Sophia de Mello Breyner Andresen

2 comentários:

In illo tempore disse...

Todos nós sentimos, um dia, este profundo pensamento.

Um abraço

Francieli Rebelatto disse...

Sim, pensamos, mas por que não vivemos intensamente tudo que nos é permitido para quando morrermos sentirmos uma grande paz nos invadindo, pois estaríamos partindo para apenas uma coisa pela qual não vivemos que seria a morte em si...Viver, intensamente, belamente, erradamente, com brilho no olhar, para quando a morte chegar nos entregarmos nos seus braços, como se ela fosse o pouco que ainda não vivemos???

Beijos e cuide-se!!!